Olho Preguiçoso

4 de dez de 2011

olho preguiçoso X video-game

Qual de vocês mamães já não escutaram as avós dos nossos filhos dizerem que assistir televisão demais ou ficar no computador demais faz mal?
Tudo tem que ter limite, eu ainda não tenho este tipo de problema, mas creio que quando os garotos principalmente tomam gosto pela brincadeira de jogar video game, devemos impor limites.
Vi este video e achei legal.

Pois é, e não é que os jogos de video-game estão sendo usados no tratamento do olho preguiçoso em crianças maiores de 7 anos.
Quem não conhece tal assunto, então dá uma lidinha AQUI.
Sinceramente, como já li inúmeros depoimentos  de adultos que descobriram ter a doença e de cara descobrem também que não tem cura após os 8 anos, vamos considerar que é um avanço na medicina não é mesmo?
Como o próprio nome diz: olho preguiçoso... O negócio então é exercitar e como? Com o video-game e com tampão.
Li uma matéria que diz:" Adultos com ambliopia, ou olho preguiçoso, experimentam uma melhora acentuada na percepção 3D de profundidade e nitidez da visão depois de passar apenas 40 horas jogando videogame."
E quem quiser saber mais, dá um pulinho AQUI.
Vamos combinar que o tratamento não é fácil e como jogar video-game é tudo de bom principalmente para os meninos, uma boa então!!!!!!!
Creio que o tempo deva passar super rápido.
Meu pequeno príncipe terá consulta somente em janeiro e mais uma vez o óculos com  problemas. Quebrou aquela parte que sustenta no nariz. Já são 7 meses de tratamento e creio que o óculos já foi pro Hospital dos óculos (chama assim mesmo) umas 10 vezes.
 Mais uma vez digo que ele é uma gracinha no tratamento mas é criança. A tia da escola diz que ele tem muita preocupação com o óculos, mas acidentes acontecem. E ele não tem obrigação nenhuma de deixar de brincar... Pois isto é apenas um detalhe do tratamento e creio que tudo dará certo e talvez se livrará até do óculos quando terminar o tratamento pois o grau dele é muito pouquinho.
E como mamãe coruja que sou, ele está cada dia mais charmoso e esperto.

15 comentários:

Diário da mãe e da filha disse...

Ah amiga eu vi essa reportagem na televisão e logo lembrei do seu bloguinho querido!

Realmente é um avanço na medicina, que bom né?

Nunca pare de brincar, óculos é apenas um detalhe que não pode atrapalhar!!!

Beijos

Ju Dalzoto disse...

Olha Cris, eu não sou muito fã do video game não, mas sabe que até achei interessante a idéia? Realmente é um grande exercício para o caso do olho preguiçoso né?!

Por aqui, Luquinhas já fala sobre video games, mas nós temos resistência quanto ao assunto, então vamos ver como será...

E quanto ao óculos, imagino mesmo a preocupação do Bruno, que querido hein, cuidando desde pequenininho... mas é como vc disse, ele precisa brincar e acidentes acontecem. Pelo menos, vai ser por pouco tempo ne'?!

Beijão, amiga!
E uma boa semana para vcs :)

Paloma Gavazza disse...

Isso é que é fazer o tratamento ser divertido! que legal, com certeza é demais pra crianças, elas amam video-game!! um avanço muito legal na medicina! que bom que o pequeno tem um grau baixo, tomara que melhore logo!! Bjs!!

Futura mãmã disse...

E verdade...As pessoas com mais idade, exemplo avos passa a vida a dizer isto e aquilo...aff as coisas evoluem nao sao mais como antigamente e preciso limites sim mas usufruir e aproveitar no tempo certo tambem.

Beijo

Diário da mãe e da filha disse...

Realmente é muito bom a Ingrid gostar de ler. E você lê para o Bruno lindo?

Beijos

Minha Filha Minha Vida disse...

olha só qui boa noticia !!! eu amo jogar video game (se deixar eu passo o dia todo na frente da tv jogando rsrsrsrsrs) e se isso pode ajudar em algo (mais qui beleza) !!!

muitos beijos

Diário da mãe e da filha disse...

Amiga, que bom que você estimula, porque eu conheço mãe que diz assim, meu filho não gosta de ler, isso porque ela nunca leu um livro pra ele. Nunca mesmo, sem exagero ela dizia que não tinha tempo!

Fico horrorizada com essas coisas

Milena, A Mamãe da Isadora!! disse...

tbem não gosto muito de video game,até pq os meninos gostam mais né?
qd criança eu jogava , brigada com meu irmão , mas agora não ligo e nem a Isa liga rsrsrs vai do gosto né?

Iolanda Lopes - Verdades e Carinho de Mãe disse...

Esse tratamento parece ser dos menos monótonos. rs
Os pequenos devem adorar essa terapia.
bju no coração
http://verdadesdemae.blogspot.com
http://carinhodemaepapelaria.blogspot.com

Danny disse...

Oi Cris, gostei muito desse reportagem, então bora colocar o piázinho pra jogar video game né, será que ele vai gostar disso???
Ele deve ter ficado um charme de óculos!
Bjs e boa semana!

Lilia Faria disse...

Realmente amiga se nós nos encontrassemos (quem sabe um dia rs) iríamos ter muito o que conversar.
rsrs

Beijos

Dri Viaro disse...

Muito interessante Cris, eu não sabia.

beijos

Manu disse...

Nossa... Adorei! Amo video game desde minha infância, e jogo até hj. Com menor intensidade depois que a Sô nasceu, mas sempre que dá eu jogo sim pra esquecer da vida real um pouco. Juntar essa distração, há algo bom pra saúde então... que bacana!

Obrigada pelo carinho no blog,

Bjs

Ju Dalzoto disse...

Cris!!

Voltei só pra dizer que não, ainda não terá foto essa semana, hehehe. Só notícias: vamos seguir esperando o tempo do Miguel... Se tudo der certo, semana que vem teremos fotinhos :)

Beijos, amiga!
Obrigada pelo carinho!

cintia disse...

Estou meio correndo agora, vou voltar e ver este post que está muito interessante, ai comento, tá? beijos